ACONTECE NA FASAP

Inclusão x Hiperatividade

O professor Douglas Dopp juntamente com os alunos Aline Camargo, Aline Santos, Darlene Motta, Kaíque Siqueira, Monique Fernandes e Nayane dos Santos, do 5º período de Educação Física – FASAP, desenvolveram um tema de grande relevância, referente a disciplina de Educação Física Especial, Inclusão X Hiperatividade.

Inclusão x Hiperatividade

Inclusão hoje em dia é um termo muito usado na mídia, e muitas vezes confundido com integração, embora pareçam sinônimos, possuem significados completamente diferentes. De acordo com Peter Mittler (2003), a inclusão caracteriza- se pela reforma radical das escolas em vários aspectos como: curriculares, de avaliação, pedagógica e formas de agrupamento de alunos em sala de aula, baseada em valores que faz com que todos se sintam bem vindos, independente de raça, nacionalidade, deficiência.

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma desordem comportamental que leva a criança a graus variáveis de comprometimento de sua vida. Estudos dizem que no Brasil a cada vinte crianças uma é portadora do transtorno. O TDAH não é um distúrbio passageiro sendo muito mais complexo e muito confundido, pelos professores e educadores, pois alunos que são mais agitados logo já são taxados como hiperativos.

Para que a combinação Aluno – Escola e Hiperatividade sejam bem sucedidas é necessário o uso de aulas mais atrativas para que despertem o interesse do aluno e novas abordagens pedagógicas centradas no educando. O desempenho escolar conforme Pereira Araújo e Matos (2005) vêm a ser afetado pelos sintomas de déficits de atenção à hiperatividade. Todo processo de inclusão deve partir da família, principal e mais duradouro educador de suas crianças, podendo ser considerada a base do processo inclusivo.

Se os professores tiverem ciência e souberem enxergar suas possibilidades educacionais, a educação física, recorrendo ao exercício e ao jogo, certamente poderá realizar uma pedagogia integrada, que encerre em cada ato e em cada atitude a mobilização de recursos motores e intelectuais.