ACONTECE NA FASAP

Setembro amarelo alerta para a prevenção do suicídio

Assunto complexo, o suicídio, que espelha fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociais e também culturais, tem sido desvendado, nos últimos anos, pela campanha Setembro Amarelo. As atividades de prevenção e sensibilização incluem caminhadas, veiculação de materiais da campanha e a decoração e iluminação de prédios públicos, praças e monumentos com luzes e detalhes amarelos. Esta campanha foi iniciada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (IASP) e encampada por diversas outras organizações internacionais e nacionais. A FASAP, sempre ligada às grandes causas, organizou, através da Coordenação do Bacharelado em Psicologia, no dia 13, próximo passado, um evento alusivo ao Setembro Amarelo, com a participação de todo o corpo docente, discente e técnico-administrativo. Constaram da programação, a distribuição de panfletos contendo os mitos e verdades sobre suicídio e a montagem de local apropriado para que todos ali fixassem mensagens em prol da vida. Enfatizando o mês – o Setembro Amarelo – os alunos do Bacharelado em Psicologia trajavam vestes amarelas. Portanto, buscando atingir os objetivos traçados pelo Setembro Amarelo, o Bacharelado em Psicologia buscou conscientizar o público participante deste mal que a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ocorram, no Brasil, 12 mil suicídios por ano. No mundo, são mais de 800 mil ocorrências, isto é, uma morte por suicídio a cada 40 segundos.